Óleo de cártamo

O óleo de cártamo é um óleo muito saudável. Pois, é um óleo essencial derivado de sementes de cártamo. Ele pode ser extraído de duas maneiras muito diferentes.

O primeiro deles é o refinado, um processo químico, que se mostrou muito insalubre. O problema é que alguns produtos químicos que são adicionados ao óleo destroem o valor nutricional e, ao mesmo tempo, são ruins para a saúde humana. Outro método é o prensado a frio, que é muito mais seguro para a nossa saúde.

Durante a prensagem, todos os nutrientes importantes permanecem no óleo. Pelo mesmo motivo, antes de comprar óleo de cártamo, recomenda-se ler como foi feito.

O óleo de cártamo é uma excelente fonte de ácidos graxos poli-insaturados. Na verdade, é o óleo mais rico quando se trata de ácidos graxos poli-insaturados. Estima-se que tenha cerca de 80% de gordura poli-insaturada, sendo a mais importante o ácido linoleico. Também é rico em ácidos graxos monoinsaturados (cerca de 10%), sendo o mais importante o ácido oleico.

O óleo de cártamo é o único que contém apenas 8% de ácidos graxos saturados. O óleo de cártamo é uma excelente fonte de ácidos graxos ômega-6, ácido cis-linoléico, vitamina E muitos outros nutrientes importantes para o nosso bem-estar.

Devido à grande quantidade de ácidos graxos poli saturados, o óleo de cártamo ajuda na produção de prostaglandinas, o que fortalece as membranas celulares. De fato, as prostaglandinas ajudam todo o nosso corpo a funcionar bem.

Se você deseja perder peso, o óleo de cártamo é uma excelente escolha. Ele irá limpar seu corpo o que significa eliminar a gordura localizada. O ácido Cis-linoleico no óleo de cártamo é convertido em ácido linoleico gama, o que ajuda seu corpo a criar a chamada gordura marrom. A gordura marrom ajuda a perder calorias e dar uma boa secada, estudos verificaram que quem tem mais deste tipo de gordura tem maior facilidade de emagrecimento ou não engorda com tanta rapidez. Você deve, portanto, considerar o uso de óleo de cártamo regular.

O óleo de cártamo é bom para reduzir o colesterol LDL ruim no corpo. É por isso que esta grande descoberta nos ajuda na prevenção de doenças cardíacas, além disso é rico em vitaminas, minerais e outras coisas úteis, e indicado como um grande aliado para aumenta nossa imunidade, com isso nosso organismo ficará mais forte para lutar contra bactérias e vírus. Se você ou alguém que você conhece sofre de diabete deve usar este óleo. Isso irá ajudá-lo a perder peso e também reduzir o nível de açúcar no sangue. Este óleo benéfico é ideal para mulheres porque alivia o desconforto da TPM e também ajuda na regulação dos ciclos menstruais. As mulheres podem usá-lo em vez de pílulas hormonais. O óleo de cártamo é rico em vitamina E, o que é bom para a pele, na forma líquida pode ser usado como um hidratante. Também foram comprovados benefícios para a acne e até mesmo cicatrizes podem desaparecer em alguns casos.

 

Outro benefício que ele possui é para pessoas que sofrem de queda de cabelo e geralmente têm cabelos secos, pois, podem massagear este óleo no couro cabeludo. Não só melhorará a qualidade do cabelo, mas também ajudará os novos cabelos a crescer.

O óleo de cártamo pode ser usado de várias maneiras. Os usos mais comuns são para ingestão em cápsulas, como óleo cozinhar e como molho de salada.

A riqueza de ácidos graxos oleicos é adequada em casos de colesterol, arteriosclerose, doenças cardiovasculares, artrite, reumatismo. Ele ainda produz um leve efeito laxante. Sem dúvidas é ideal para deixar mais saudáveis saladas, molhos, bolos, batatas fritas, etc.

Uma nova pesquisa indicou que uma boa dieta combinada com uma dose diária de óleo de cártamo, melhora o colesterol bom, açúcar no sangue, sensibilidade à insulina e inflamação em mulheres obesas pós-menopausa que têm diabetes tipo 2, em apenas 16 semanas.

Esta descoberta ocorreu durante 18 meses depois que os mesmos pesquisadores descobriram que este óleo de cártamo reduzia a gordura abdominal e aumentava o tecido muscular nesse grupo de mulheres após 16 semanas de suplementação diária.

Essas novas descobertas levaram os pesquisadores a sugerirem que uma dose diária de óleo de cártamo na dieta — cerca de 1 2/3 colheres de chá — é uma maneira segura de reduzir o risco de doenças cardiovasculares. A autora do estudo é Martha Belury, professora de nutrição humana na conceituada Universidade Do Estado de Ohio.

“Eu acredito que essas descobertas sugerem que as pessoas conscientemente se certifiquem de que eles tenham uma porção saudável de óleo em suas dietas todos os dias, talvez um molho de salada, óleo para cozinhar ou a versão em cápsulas.”

O óleo de cártamo contém ácido linoleico, que é um ácido graxo poli saturado. As pesquisas da década de 1960 sugeriram que esses óleos dietéticos de fontes de plantas poderiam ajudar a evitar doenças cardíacas, disse Belury, que possui diversos prêmios importantes na área de nutrição.

No primeiro estudo, publicado em setembro de 2009, Belury e colegas compararam os efeitos do óleo de cártamo e do ácido linoleico conjugado (CLA), um composto naturalmente encontrado em carne e produtos lácteos, em mulheres obesas após a menopausa com Diabetes Tipo 2. A CLA teve uma reputação de estudos anteriores para contribuir para a perda de peso. A combinação de óleo de cártamo com gordura abdominal reduzida levou os pesquisadores de surpresa.

Para esta pesquisa atual, os cientistas realizaram uma análise secundária dos dados coletados a partir deste teste clínico, aplicando uma análise estatística poderosa aos resultados e também verificando quanto tempo demorou para que todos os efeitos dos óleos apareçam nos testes

Em quase todos os casos nesta análise, o suplemento de óleo de cártamo melhorou as medidas metabólicas, enquanto CLA não mostrou nenhum efeito para controle de glicemia ou lipídios. Dezesseis semanas de suplementação de CLA reduziram a gordura corporal total e diminuíram o índice de massa corporal das mulheres (IMC).

Muitos dos benefícios do óleo de cártamo foram evidentes após 16 semanas de suplementação. Em média, entre todas as mulheres testadas, estas incluíram:

Um aumento da sensibilidade à insulina de cerca de 2 por cento, conforme medido por uma fórmula conhecida como incremento quantitativo do controle de sensibilidade à insulina. A maior sensibilidade à insulina é importante para a transferência de açúcar, ou glicose, do sangue para os tecidos, onde é usado para energia. A resistência à insulina, ou a baixa sensibilidade à insulina, é a marca registrada da diabetes (tipo 2).

Portanto, não há dúvidas, se você deseja melhorar sua saúde e bem-estar utilize este óleo cheio de benefícios. O óleo de cártamo é e muito fácil de ser encontrado no Brasil.

Confira o site da Nutriblue Saúde, e comece a suplementação com óleo de cártamo, e tenha uma saúde de ferro!

2017-11-14T10:40:14+00:00

Leave A Comment